TRADUTOR

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

A CULPA É DO MORDOMO.



A CULPA É DO MORDOMO.

            Quantas vezes ao assistirmos os filmes antigos vimos a conclusão das investigações dos crimes, a culpa ser atribuída ao mordomo.
            Era comum ouvirmos: O culpado é o mordomo.
Mas o que é um mordomo?
Segundo a definição do dicionário, um mordomo:
(latim major domus, administrador da casa)

s. m.
1. Administrador de uma casa ou estabelecimento (por conta do próprio dono).
2. O que prepara e dirige uma festa de igreja.
3. Administrador de bens de confrarias ou irmandades.

            Sendo, assim, aprendemos que  um mordomo é o principal servo, o que administra a casa do seu senhor.
E como sempre, sobra a pergunta:
O que isso tem a ver com minha família?
Vamos partir do principio de que a sua vida não lhe pertence. Quando você entregou sua vida ao Senhor Jesus Cristo, você entregou a Ele:
  • Sua vida.
  • Sua esposa.
  • Seus filhos.
  • Seu trabalho.
  • Sua igreja.
  • Seu dinheiro.
  • Seus amigos
  • Seus sonhos.
  • Seus projetos.
  • Suas raivas.
  • Suas decepções
  • Seu temperamento.
  • Seu julgamento e pré-julgamento.
  • Seu direito de defesa.
  • Seu direito de se justificar.
  • Em suma, você entregou a Ele tudo.

Tudo pertence a Ele, porém, Ele confia  e constitui você como administrador/mordomo de tudo.
Sendo você o administrador/mordomo de tudo que pertence a Ele, se algo estiver errado ou não der certo o culpado será sempre você.
Deus confiou a você a administração de uma família.
Cuidar de uma família não é fácil,  é extremamente difícil, pois é uma instituição perfeita e você é imperfeito, além disso o inimigo de nossas almas estará lutando com todas as armas contra você.
Deus não espera que você seja cem por cento eficiente em tudo, pois Ele reconhece sua limitação e muitas vezes o quanto você é incapaz.
O que Deus espera de você é a fidelidade, conforme explicito pelo apostolo Paulo:
Além disso requer-se dos despenseiros (mordomos)  que cada um se ache fiel.1 Coríntios 4:2.
Na parábola dos dez talentos em Mateus 25: 14-30, cada um recebeu os talentos conforme a sua capacidade.
Deus é quem lhe capacitará para administrar e cuidar de sua família.
Não confie em sua própria força e capacidade para alcançar o sucesso familiar.
Entregue sua família a Deus e todos os dias peça-lhe orientação  em como cuidar deste importante negocio.
Dependa Dele.
Confie Nele.
Se possível, leia todos os dias o Salmo de numero 128:
Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.
Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.
A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.
Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.
De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,
e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel.

Salmos 128:1-6

Deus lhes abençoe e o capacite.

Cuiabá-MT, 23 de setembro de 2013.


Pr. Elias Souza