TRADUTOR

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

A INDIVIDUALIDADE NO CASAMENTO


Estava lendo uma entrevista antiga, sobre o relacionamento conjugal de um casal, que estavam passando por sérios problemas.
O que me chamou a atenção, foi a declaração da esposa que ela queria viver a sua individualidade, ou seja, não queria mais viver em função de ninguém, inclusive de seu esposo.
Isso me fez pensar em um dos princípios do casamento, que é UMA SÓ CARNE.
Temos ensinado nos cursos e palestras que esse princípio no casamento  signifca:
  • Morte a individualidade.
  • Morte a privacidade.
A pessoa que não quiser abrir mão da INDIVIDUALIDADE e da PRIVACIDADE na vida de casado, não esta pronto e nem preparado para se casar.

Lembremos que o melhor exemplo de relacionamento conjugal é o de CRISTO e a IGREJA.
Entre ambos não existe privacidade e individualidade, sendo que ambos vivem intrínsecos.
Quando olhamos para a igreja, deveremos ver Cristo.

Esse principio no casamento funciona da mesma forma,
quando olhamos para o esposo vemos o reflexo da esposa e vice-versa.

Portanto, o casamento é viver um em prol do outro.
Se você não quer abrir mão de sua individualidade, então não se case.
Só assim você poderá ser feliz e não destruirá a felicidade de outro.

Casar é dar-se e doar-se um ao outro.

Cuiabá-MT, 11/09/2013.

Pr. Elias Souza