TRADUTOR

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

DIA DA FAMILIA


Ontem, 08/12, foi comemorado o dia da família.
Um dia que passou, quase que em branco.
Na igreja, nem se quer toca no assunto.
Nas redes sociais, muito pouco.
O que será que aconteceu com a família?
Será que finalmente o inferno esta conseguindo abafar para depois destruir essa instituição criada por Deus.
Os nossos governantes bombardeiam de todas as formas e com todas as armas infernais para desestabilizar e destruir a família e seus valores.
A igreja, como que, adormecida, nada faz para conter esse ataque do mal.
Parece que nossos lideres, sentem intimidados, quando o assunto é família.
Acredito que esta faltando àquela humildade de Davi, que reconheceu que, apesar de ser o homem segundo o coração de Deus, ter vencido os gigantes Golias e seus irmãos, nunca perdeu uma batalha contra seus inimigos, sofreu grandes derrotas dentro de sua família.
Em sua humildade, Davi disse:
E estas são as últimas palavras de Davi: Diz Davi, filho de Jessé, e diz o homem que foi levantado em altura, o ungido do Deus de Jacó, e o suave em salmos de Israel.
O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra está na minha boca.
2 Samuel 23:1,2
Ainda que a minha casa (família) não seja tal para com Deus, contudo estabeleceu comigo uma aliança eterna, que em tudo será bem ordenado e guardado, pois toda a minha salvação e todo o meu prazer está nele, apesar de que ainda não o faz brotar.
2 Samuel 23:5
Davi reconheceu, se fracasso, mas buscou e confiou em sua aliança para com Deus, para perpetuar a sua família.
Como liderança cristã, precisamos rever nossos valores familiares e decidirmos a lutar pelas famílias, ainda que alguma coisa venha a acontecer que nos envergonhe.
Me lembro das palavras de Josué  24:15, proferida pelo Pr. Sebastião Rodrigues Souza lá pelos anos 80:
“Quem manda e decide na minha casa sou eu. Se meus filhos não quiserem servir ao Senhor, tudo que não é de Deus e estiver na vida deles, ficarão de fora da minha casa. Aqui não entra nada que contamine.”
Hoje, vemos os frutos dessa decisão. Seus filhos são pastores que servem ao Senhor.
É preciso pegarmos o boi pelo chifre e brigar pelo bem mais precioso que Deus nos confiou.
A família é um projeto de Deus, cuja execução e acabamento foi a nós confiado.
O que estamos fazendo com esse lindo projeto que esta em nossas mãos?
Que obra apresentaremos ao seu Dono?
Qual a qualidade do material e acabamento?
Até quando continuaremos a ser servos negligentes?
Lembre-se: Nenhum sucesso na vida compensa o fracasso no lar.
De nada adianta empresas, carros, casas, dinheiro, fama, gloria, etc.. Se não houver com que partilhar. Não ter um lugar para retornar.
.........
Vamos lutar pelas nossas famílias?

Cuiabá-MT, 09 de dezembro de 2015.


Pr. Elias Souza