TRADUTOR

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

PORQUE DEUS ODEIA O DIVORCIO?????????????????


PORQUE DEUS ODEIA O DIVORCIO?
"Eu odeio o divórcio", diz o Senhor, o Deus de Israel
Malaquias 2:16 (NVI).
Fiquei deveras impressionado e assombrado com a seriedade da declaração de Deus em Malaquias.
Procurei entender o texto, visto  dureza de sua expressão, pois o ódio é algo totalmente oposto da Deus, pois Deus, declara a bíblia, é amor.
Então porque o ódio ao divorcio?
Para entendermos, precisamos pesquisar um pouco os mistérios contidos no Livro Sagrado.
Quando foi realizado o primeiro casamento, como registrado em Genesis 2:18-25, Deus foi o oficiante e o apresentador da noiva a Adão, dando-nos a entender que Ele é o agente principal do casamento.
Quando Jesus começou o seu ministério terreno, foi exatamente em um casamento como convidado e ali realizou seu primeiro milagre – João 2:1-11.
O desejo e a vontade de Deus, sempre foi e é o de estar junto e ligando o casal em sua vida matrimonial e tornar do casamento e a relação entre marido e mulher a manifestação de sua gloria e seu amor neste mundo corrompido e que tenha filhos que sejam dedicados a Deus com reflexo da imagem de seu Filho, Jesus Cristo - (Malaquias 2:15).
Em Eclesiastes 4:12, o Senhor nos diz pela boca de Salomão: Se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa. Eclesiastes 4:12
Essa terceira dobra, é exatamente a presença de Deus, e com a presença de Deus, os cônjuges poderão vencer todas as dificuldades.
Quando o casal se une na presença de Deus, no momento de suas declarações, votos e aliança,  Jesus diz em Mateus 12:44, a sua casa (casamento) esta varrida e adornada. O Espírito Santo comunga com o casal.
Porém, o inimigo de nossas almas, que odeia o casamento e a feliz união do casal, fará de tudo para entrar no meio do relacionamento e destruí-lo, pois sua obra é de matar, roubar e destruir (João 10.10).
Quando o casal deixa o inimigo entrar em seu relacionamento, o Espírito Santo sai do meio deles, pois Ele não habita em local sujo e onde não é mais querido.
Ele quer exclusividade.
Lembre-se o Espírito Santo é um e é o suficiente para a vida do casal em todos os sentido, porém quando Ele sai, são sete demônios que tomam o seu lugar.
Jesus disse:
o espírito imundo.... anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra.
Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada.
Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros.  Mateus 12:43-45
Quando o espírito imundo entra no relacionamento, provocando a divorcio, ele transforma a situação da pessoa em sete vezes pior, infernal,  que o estado de quando a pessoa era solteira, pois a casta demoníaca passam a ser a controladora da pessoa, razão pela qual O SENHOR DEUS ODEIA O DIVORCIO.
E quais são os sete demônios que acompanham o divorcio e como se livrar deles?

01 – LUCIFER, o príncipe dos demônios, responsável pelo orgulho e arrogância.
O motivo de sua queda do céu, foi o seu orgulho e arrogância em querer ser igual ou superior a Deus.
No casamento ele atua, levando os cônjuges a arrogância e falta de humildade, os levando a competição querendo ser um melhor que o outro, esquecendo os ensinos bíblicos que no diz: Considere um ao outro superior a si mesmo (Filipenses 2:3)

02 – Asmodeus, o príncipe da Luxuria (sensualidade), sexo ilícito, vícios, adultério, homossexualismo, prostituição, pedofilia, bebedeiras, carnaval, etc.
No casamento ele atua desviando o casal de um padrão santo no relacionamento conjugal, mostrando os cônjuges que a grama do vizinho é a mais verde os levando a infidelidade.
Algumas vezes, você pode ver sua atuação pela falta de união sexual entre o casal e o popular greve de sexo. “Não se recusem um ao outro, exceto por mútuo consentimento e durante certo tempo, para se dedicarem à oração. Depois, unam-se de novo, para que Satanás não os tente por não terem domínio próprio.
1 Coríntios 7:5

03 –Belzebu, é o príncipe  responsável pela Gula, glutonaria.

Sua atuação não é apenas em comida, mas em absorção de tudo o que não presta e imoral. Querendo que o casal se comporte de acordo com a sociedade imoral e pervertida.

A glutonaria também é um sentimento de insatisfação constante.

Quantas mulheres casadas não se vestem  e se comportam como se fosse prostitutas e homens como garotos de programa?

Lembre-se:  o vosso corpo é templo do Espírito Santo . I Cor. 3.16

 

04 – Mammon, o príncipe da avareza.

Esse demônio atua na vida do casal, os cegando de forma que não mais investem nos trabalhos da igreja, na educação espiritual dos filhos.

Há gasolina para tudo, menos para ir a igreja.

O casal começa a afundar financeiramente pois não tem mais a benção de Deus.

Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.
Lucas 6:38

 

05 – Belphegor, o príncipe da preguiça.

A atuação desse demônio, o leva sempre a se declarar cansado para tudo.

Canso para orar, cansado para ler a bíblia, cansado para ir a igreja, cansado para dar atenção ao cônjuge, cansado para olhar e acompanhar os filhos.

Junto com a canseira vem o uso de amuletos, que remetem a feitiçaria.

Só leem o livro dos salmos. A bíblia fica aberta no salmo 91, usam água abençoada, lenço abençoado, óleo ungido, etc.

A bíblia diz que precisamos ser violentos para com a nossa vida espiritual.

Lutar pela nossa família e pela igreja. Mateus 11.12

 

06 – Azazel, o príncipe da ira.

Esse demônio, com desculpa de mau gênio, tem afrontado as famílias e os cônjuges, com discussão e brigas desnecessárias e muitas vezes os levando ao homicídio.

Não é somente na ira, mas estar emburrado, greve de silencio, palavras ásperas, etc., é a sua ferramenta para destruir o seu casamento.

Livre-se dele.

A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. Provérbios 18:21

Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca.
Colossenses 3:8

  

07 – Leviathan, o príncipe da Inveja.

Esse demônio usa a  inveja e o ciúme em conjunto para destruir a harmonia  e a felicidade entre o casal. Causa miséria e ira sem fim. 

Coloca ainda o desejo de destruir a felicidade do outro, o que pode causar até assassinato, tanto espiritual como físico.

O casal se esquece que deve cuidar um do outro e passa a eleger o outro como inimigo de sua felicidade.

FOGE, pois desse desejo maligno e lembre-se que Deus tem o melhor para vocês.

 

            Como visto acima, fica claro o motivo de Deus odiar o divorcio, pois troca-se a SUA  SANTA PRESENÇA pela atuação de sete demônios em sua vida.

 

ARREPENDA-SE E VOLTE-SE PARA DEUS.

 

Cuiabá-MT, 25 de setembro de 2013.

Pr. Elias Souza

 

Referencias:

Bíblia Sagrada.

O coração do homem,  Johannes Gossner, 1773.

http://minilua.com/conhecendo-criaturas-mitologicas-sete-principes-inferno-3/